Lucas Alario abriu o placar antes dos dez minutos, e o Bayer Leverkusen se posicionou para incomodar o Bayern de Munique, o que ninguém realmente consegue fazer desde o começo de dezembro, mas a sua defesa tinha outros planos. O clube que caminha para o oitavo título seguido de Bundesliga marcou três vezes antes do intervalo e completou a 11ª vitória consecutiva por todas as competições, por 4 a 2, neste sábado, fora de casa.

Dessas 11 vitórias, nove foram pela Bundesliga, desde o empate por 0 a 0 com o RB Leipzig. A última derrota dos bávaros foi para o Borussia Monchengladbach, ainda no ano passado. São 19 vitórias em 20 partidas oficiais.

O Bayer Leverkusen também vinha bem, com 11 vitórias em 12 jogos, mas levou 4 a 1 do Wolfsburg, ganhou apertado do Freiburg e agora sofreu outra sapatada do Bayern de Munique, perdendo a chance de se aproximar da segunda posição da Bundesliga, a mais alta ainda realmente em disputa.

Porque a Salva de Prata parece cada vez mais próxima de permanecer em Munique, com o Bayern chegando a 70 pontos, 11 a mais que o vice-líder Borussia Dortmund, que ainda entra em campo nesta rodada, contra o Hertha Berlim, neste sábado. Faltam quatro partidas para o fim do torneio.

Aos nove minutos, a defesa do Bayern estava adiantada, fora da sua própria área, e foi pega de surpresa pelo passe de Baumgartlinger para Alario, em posição legal após checagem do assistente de vídeo. Um toque na saída de Neuer foi suficiente para fazer 1 a 0 para o Leverkusen.

Durou pouco, porém. A pressão exercida por Goretzka a partida inteira funcionou, aos 27, para roubar a bola no meio-campo. Um tapa no corredor deixou Coman na cara de Hrádecky, e aí bastou um chute colocado para empatar o placar.

Passando a bola de pé em pé, o Bayern carregou-a até Goretzka, na entrada da área. Com marcação frouxa, o meia abriu para a perna esquerda e soltou um chute cruzado de canhota. Hrádecky até poderia ter feito um pouco melhor. No terceiro gol bávaro, com certeza. Kimmich lançou do campo de defesa, encontrou Gnabry sozinho e o goleiro adiantado. Um toque por cima: 3 a 1.

Com dois golpes em poucos minutos antes do intervalo, o Leverkusen ficou atordoado, e o Bayern quase ampliou para 4 a 1, após uma linda jogada de Coman pela esquerda. O centro à marca do pênalti foi completado de primeira por Gnabry, para fora.

Faltava o dele. Um minuto depois, Lewandowski apareceu na entrada da pequena área para, de cabeça, marcar seu 30º gol em 28 rodadas da Bundesliga, o 44º da temporada, após outra roubada de bola do Bayern enquanto o Leverkusen tentava sair jogando. Gnabry bateu a carteira de Tapsoba, recebeu de volta na ponta direita. A sobra ficou com Müller que criou o gol de Lewandowski com sua 20ª assistência nesta temporada da Bundesliga.

O Leverkusen até conseguiu descontar nos minutos finais, com uma bonita finalização de Florian Wirtz, mas o o jogo e o resultado já estavam definidos.

.

Classificação fornecida por SofaScore LiveScore

.

.