Jogar no estádio Molineux nesta temporada não tem sido uma missão das mais fáceis e o Manchester United sentiu na pele neste sábado. Diante de um Wolverhampton bem montado e inspirado, os Red Devils, comandados por Ole Gunnar Solskjaer, foram derrotados por 2 a 1. São os Wolves que vão à semifinal da Copa da Inglaterra, algo que não acontecia desde 1998, graças a uma atuação de alto nível de Diogo Jota e Raúl Jiménez.

LEIA TAMBÉM: Manchester City mantém vivo sonho de quatro títulos na temporada com virada no final contra Swansea

No começo do jogo, o Manchester United foi quem dominou a posse de bola, mas sem conseguir criar lances de perigo. A ação mesmo estava reservada para o segundo tempo. Moutinho fez uma boa jogada passando pelos marcadores, tocou para Jiménez dentro da área e o camisa nove brigou com os zagueiros, bom a bola, que tentou passar, a bola sobrou para ele mesmo ao bater na defesa e ele chutou para marcar 1 a 0, aos 25 minutos. Um lance confuso que acabou em bola na rede.

Com o gol dos Wolves, foi necessário que o United arriscasse um pouco mais adiantando o time. E isso gerou espaço que foi aproveitado poucos minutos depois do primeiro gol. Em um escanteio para o United, o Wolverhampton retomou a bola, tentou encaixar o contra-ataque, mas Luke Shaw se antecipou e chutou para frente. Mas a bola foi cabeceada para frente, os Wolves pegou a defesa em inferioridade numérica, e Diogo Jota correu para cima de Shaw, deixando o lateral para trás, e finalizando de pé esquerdo para marcar 2 a 0 aos 31 minutos. Um placar magnífico para o time comandado por Nuno Espírito Santo.

O United ainda conseguiu descontar praticamente no apagar das luzes. Shaw chegou à linha de fundo, cruzou para Marcus Rashford, que recebeu de costas na área e girou rápido para finalizar e marcar 2 a 1. Era tarde demais, porque o relógio já marcava quase 50 minutos do segundo tempo. Foi só para evitar de perder de zero.

O Wolverhampton tentará volta à semifinal da Copa da Inglaterra. Em 1997/98, última vez que isso aconteceu, os Wolves perderam para o Arsenal na semifinal, time que conquistaria a taça ao derrotar o Nnewcastle na final. Os Wolves tentam seu primeiro título grande – foi campeão da segunda divisão da temporada passada – desde a Copa da Liga em 1979/80.