Leste Europeu

Shevchenko: “Farei só mais um jogo de despedida pela seleção”

A eliminação da Ucrânia na Euro 2012 também colocou fim à carreira de dois dos principais nomes da história do futebol local na seleção. Andriy Shevchenko e Andriy Voronin anunciaram suas aposentadorias da equipe nacional após a derrota para a Inglaterra nesta terça-feira, que selou a participação dos ucranianos na competição continental.

Shevchenko afirmou que deverá disputar apenas mais uma partida pela seleção: “Provavelmente foi meu último jogo internacional. Eu jogarei somente mais uma vez, em um amistoso de despedida”. O próximo amistoso da Ucrânia acontece no dia 15 de agosto, contra a República Tcheca.

Shevchenko é o maior artilheiro da história da equipe, com 48 gols. Além disso, também é o segundo atleta com maior número de partidas, 111, e o primeiro em número de jogos como capitão, vestindo a braçadeira 56 vezes. O jogador do Dynamo Kiev estreou na seleção principal em 1995, aos 19 anos, após passar pelas equipes sub-18 e sub-21. O veterano disputou a Copa do Mundo de 2006 e a Euro 2012, responsável por quatro dos sete gols marcados pelos ucranianos em ambas competições.

O capitão também comentou o desempenho dos ucranianos na Eurocopa: “Logicamente estamos tristes, porque sediamos a competição e tivemos uma estreia maravilhosa. O grupo era muito duro e ficamos perto da classificação. Penso que tivemos um bom desempenho, apesar da eliminação. Contra a Inglaterra, criamos várias chances e controlamos o jogo”.

Já Voronin afirmou que sua decisão foi tomada pensando em sua dedicação ao Dynamo Moscou: “Estou deixando a seleção, já tomei a decisão. Estou escolhendo focar na minha carreira no clube, não sou mais jovem para lidar com as duas funções”. O atacante de 32 anos disputou 78 partidas pela Ucrânia e marcou oito gols.

Mostrar mais

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo