Durante muito tempo, Berlim foi uma cidade dividida pelo muro que se tornou um dos símbolos das diferenças da Guerra Fria. Separava o capitalismo ocidental do comunismo oriental e as duas Alemanhas, até que o país se reunificou, 25 anos atrás. A data foi comemorada no último sábado, dia da vitória do Hertha sobre o Hamburgo, por 3 a 0, e a torcida não deixou a ocasião passar em branco.

LEIA MAIS: O muro isolou Berlim Ocidental, mas não rompeu a devoção da torcida do Hertha

Montou um belo mosaico em que simbolicamente o oeste e o leste da cidade se juntam para formar um único desenho, como se uniram duas décadas e meia atrás para formar uma única cidade e um único país.