Benítez: “Terry deve voltar apenas para o Mundial”

Zagueiro sofreu problema no joelho no início do mês e, segundo Rafa Benítez, precisará de mais algum tempo para completar sua recuperação

Inscrito para a disputa do Mundial de Clubes, John Terry deverá voltar a atuar pelo Chelsea apenas no Japão. Com uma contusão no joelho, o zagueiro está afastado do time desde o início de novembro e deve ser preservado até a estreia dos Blues na competição continental, no dia 13 de dezembro, contra Monterrey ou Ulsan Hyundai.

“Pode ser que ele não volte até o Mundial. É uma questão confidencial. Quando você esquece que tem um problema no joelho é quando você está pronto. Ele está de esforçando, quer estar envolvido, mas precisa de algum tempo. É um joelho, não um músculo. Você precisa ver a reação quando se movimenta, não pode correr riscos”, declarou.

Benítez admitiu que as ausências de Terry e Frank Lampard nas últimas partidas ajudam explicar a fase ruim vivida pelos Blues: “Você precisa analisar o que tem acontecido nas últimas semanas. Porém, você pode ver caráter nesses jogadores e liderança para poder ajudar quando a situação não vai bem”.

O treinador também comentou a seca de gols enfrentada por Fernando Torres, colocando o problema como coletivo: “É mais ou menos a mesma situação com o resto do time. Contra o Fulham, tivemos mais posse de bola no campo de ataque do que em qualquer outro jogo da temporada. Isso significa que os atacantes tiveram mais chances, inclusive Fernando. É uma chance de criar mais e Fernando, Oscar, Hazard, todos eles marcarão mais gols”.

Terceiro colocado na Premier League, o Chelsea não vence há seis rodadas na competição e está a sete pontos do líder Manchester United. Os Blues voltam a campo neste sábado, quando enfrentam o West Ham em Upton Park.