O atacante Kazuyoshi Miura, o Kazu, continua quebrando recordes. Aos 53 anos, seis meses e 28 dias, tornou-se o jogador mais velho a atuar na J1 League, a primeira divisão do país. Foi na derrota do seu time, o Yokohama FC, diante do Kawasaki Frontale por 3 a 2, no Kawasaki Todoroki Stadium, nesta quarta-feira. Curiosamente, o mesmo estádio onde Kazu se consagrou na primeira temporada da então J-League, atualmente J1 League, o Verdy Kawasaki, pelo qual foi MVP e campeão em 1993.

No dia 15 de maio de 1993, o Verdy Kawasaki recebeu o Yokohama Marinos no Estádio Nacional de Tóquio. Era o jogo inaugural da J-League, agora chamada de J1 League para a primeira divisão. Naquele time do Verdy Kawasaky, Kazu, aos 26 anos, foi eleito o MVP da temporada, com o seu time campeão. Depois de 27 anos, Kazu voltou a campo, em Kawasaki, para marcar um novo recorde.

O recorde anterior era do atacante Masashi Nakayama, que em 2012 entrou em campo pelo Consadole Sapporo com 45 anos, dois meses e um dia. Nesta quinta-feira à noite, no horário do Japão, Kazu entrou em campo na primeira divisão japonesa pela primeira vez em 13 anos. A última vez que a equipe esteve na primeira divisão foi em 2007. Kazu está no clube desde 2005 e aquela temporada foi o único momento do clube na primeira divisão, até esta temporada, 2020, quando voltou ao ser vice-campeão da J2.

“Eu queria assumir a responsabilidade por como eu jogo em campo”, disse Kazu depois do jogo. “Eu estou realmente grato a todos no Yokohama FC [pelo nosso primeira partida na J1 em 13 anos].

Na partida desta quinta-feira, Kazu começou como titular, vestindo a braçadeira de capitão. Além dele, outros dois veteranos estiveram em campo: o meia Shunsuke Nakamura (sim, aquele), de 42 anos, e Daisuke Matsui, de 39, todos pelo Yokohama FC, que certamente teve uma média de idade alta.