No sábado, a Roma já fora derrotada em casa pela Fiorentina, por 2 a 0. No domingo, nem mesmo o maior volume de ataque impediu a Internazionale de ser derrotada por um gol do Torino. A chance estava presente, e a Lazio a aproveitou: mesmo saindo atrás, virou o jogo contra a Udinese para 2 a 1, na 31ª rodada do Campeonato Italiano, e alcançou a terceira posição na tabela – superou a Inter em pontos, e tem melhor saldo de gols do que a Roma -, entrando na zona de vagas para a Liga dos Campeões.

Quando a partida começou na Dacia Arena de Udine, porém, o time da casa deu a impressão de que a Lazio seria mais um time a desperdiçar um importante resultado. Aos 13 minutos, a Udinese fez 1 a 0: de cabeça, Kevin Lasagna desviou o cruzamento de Jens Stryger Larsen, no contrapé do goleiro Thomas Strakosha. Ainda assim, a postura ofensiva laziale rendeu o empate sem muita demora. Aos 26, Felipe Anderson cruzou da esquerda, a zaga rebateu, mas a bola ficou com Senad Lulic. E seu chute foi escorado por Ciro Immobile, que entrou na pequena área para fazer 1 a 1.

E aos 37, outra troca de passes rendeu a virada que a Lazio buscou. Lucas Leiva deu a bola a Stefan Milinkovic-Savic, e o sérvio mandou para Luis Alberto. Coube ao espanhol finalizar com um chute forte, que passou por baixo do arqueiro Albano Bizzarri e entrou para o 2 a 1. Controlando o resultado no segundo tempo, a Lazio conseguiu os importantes três pontos – até porque, na 32ª rodada, na próxima semana, não só fará jogo direto contra um adversário por vaga na Champions, como este será a arquirrival Roma, no “Dérbi da Capital”.


Os comentários estão desativados.