LASK perde seis pontos e a liderança do Austríaco por retomar treinos coletivos antes da data permitida

O LASK Linz liderava o Campeonato Austríaco até a paralisação das atividades e mirava um título histórico, para encerrar um jejum de 55 anos na liga nacional. Entretanto, por quebrarem o cronograma de retorno aos treinos coletivos, os alvinegros veem a primeira colocação escapar de suas mãos. O LASK retomou os treinamentos com o grupo todo e contato físico antes dos demais concorrentes, violando a data apontada em comum acordo. Os 11 oponentes na Bundesliga denunciaram a atitude e, nesta quinta-feira, o tribunal desportivo do país determinou uma punição pesada: dedução de seis pontos no hexagonal final, além de uma multa no valor de €75 mil.

Segundo a agência de notícias austríaca APA, a multa foi anunciada pelo tribunal da Bundesliga nesta quinta. O julgamento avaliou que o LASK Linz quebrou as orientações que visavam um retorno em mesmas condições a todas as equipes e tentou tirar proveito da situação. O time realizou ao menos quatro sessões de treinamento em condições normais, quando os demais adversários ainda estavam treinando em grupos reduzidos e sem contato físico. A transgressão foi revelada através de filmagens clandestinas. O presidente do LASK afirmou que não sabia das atividades e a liga investiga os responsáveis para punições, incluindo o técnico Valérien Ismaël.

O LASK ainda poderá recorrer da decisão, embora também corra o risco de ver a sua pena aumentar. Campeão da segundona em 2017 e vice da elite em 2019, o clube busca o seu segundo título na Bundesliga Austríaca, o primeiro desde a temporada 1964/65. Os alvinegros encerraram a fase de classificação do campeonato com 54 pontos, seis a mais que o vice-líder Red Bull Salzburg. O tribunal decidiu tirar 12 pontos desta etapa da competição, deixando o LASK com 42 pontos. Porém, como a pontuação é dividida pela metade rumo ao hexagonal final, a perda real é de seis pontos.

O Salzburg inicia a fase decisiva do Campeonato Austríaco com 24 pontos. O LASK, que poderia somar 27 sem a punição, cai para 21. Já o Rapid Viena ocupa a terceira colocação, com 20 pontos. Na Bundesliga Austríaca, o vice-campeão também se classifica às preliminares da Champions, enquanto do terceiro vai apenas à Liga Europa. A primeira rodada do campeonato neste recomeço acontece em 3 de junho, próxima quarta-feira. Serão mais dez partidas a cada time. Atual hexacampeão, o Salzburg busca seu 14° título no total.