Lampard não poupou elogios ao ex-chefe Ancelotti: “Será muito bem recebido em Stamford Bridge”

Campeão pelo Chelsea, Ancelotti retornará ao Stamford Bridge no próximo domingo

O confronto entre Chelsea e Everton, no próximo domingo, marcará o retorno de Carlo Ancelotti a Stamford Bridge, onde ganhou a dobradinha Premier League e Copa da Inglaterra em 2009/10, e o pupilo, Frank Lampard, não poupou elogios ao mestre.

[foo_related_posts]

Ancelotti teve uma fantástica primeira temporada pelo Chelsea, conquistando o título com um ataque de 100 gols, e completou a única dobradinha da história do clube com a vitória sobre o Portsmouth, na final da Copa da Inglaterra. Na campanha seguinte, porém, sem títulos e em segundo lugar na liga inglesa, foi demitido.

Questionado sobre qual tipo de recepção Ancelotti poderia esperar, Lampard respondeu: “Uma muito boa. Ele é muito respeitado aqui e acho que os torcedores respeitam seu período no clube. Ele era um cavalheiro, um fantástico treinador. Eu amava trabalhar com ele pessoalmente acho que ele será muito bem recebido”.

Lampard teve uma primeira temporada fantástica com Ancelotti, marcando 27 gols e dando 16 assistências em 51 partidas. Na segunda, foi prejudicado por lesões e atuou apenas 32 vezes, com 13 tentos e cinco passes decisivos. “Ele é um grande treinador na administração de pessoas, ele era realmente ótimo na questão pessoal. Era ótimo em construir relacionamentos com jogadores, era muito bom taticamente e tinha uma personalidade muito calma”, disse.

“Ele era simplesmente alguém com quem eu gostava de trabalhar. Acho que tivemos um primeiro ano muito bem sucedido vencendo a Dobradinha. Eu me mantive em contato com ele e tenho muito respeito por ele”, disse.

Ancelotti passou perto de não retornar a Stamford Bridge porque foi expulso no empate contra o Manchester United, no último domingo, ao reclamar de um gol anulado do Everton nos acréscimos. Mas conseguiu escapar da suspensão.

“Tive que pagar uma multa, não foi barata. Estou ansioso por Stamford Bridge”, disse. “Tenho memórias fantásticas daquele período. Tive duas incríveis temporadas e estou animado para voltar”.

O trabalho de seu antigo comandado foi elogiado pelo veterano. “Eu achava que ele poderia ser treinador. Ele foi muito bem ano passado (com o Derby County) e e ele está indo muito bem nesta temporada. Não tem sido fácil para o Chelsea. Eu desejo o melhor para ele e ficarei muito feliz em encontrá-lo depois de um longo tempo. Eu não se sei se poderei apertar sua mão, mas encontrá-lo será muito legal para mim”, completou.