Lampard e Pirlo assistem a jogo em bar de NY e ouvem que “futebol nem é esporte de verdade”

Uma cena curiosa em pleno aeroporto envolvendo duas estrelas mundiais do maior esporte do planeta e um americano fã de Nascar

Futebol é uma paixão mundial e tem conquistado muitas pessoas também nos Estados Unidos. Mas veja, o futebol é um esporte muito mais de crianças e adolescentes e de cidades grandes, mais globalizadas. É um esporte, digamos, alternativo, mas bem visto. Isso não impede que um tradicional americano que não goste muito de futebol e seja um fã da Nascar possa criar uma situação inusitada.

LEIA TAMBÉM:  O clássico de Nova York não tem tradição, mas já conta com muita provocação e até brigas

O New York City jogou na sexta-feira à noite contra o DC United, na capital dos Estados Unidos, Washington, e perdeu por 2 a 1. Neste sábado, o time voltava à Nova York e, no bar do aeroporto, duas estrelas do futebol mundial conversavam e assistiam a um jogo de futebol na TV.

Um deles é Andrea Pirlo, 36 anos, campeão do mundo pela Itália em 2006 e de passagens marcantes por Milan e Juventus na carreira. Foi um dos protagonistas da Juve tetracampeã italiana e que chegou à final da última Champions League. O seu lado, Frank Lampard, 37 anos, o maior artilheiro da história do Chelsea, jogador da seleção inglesa durante muitos anos. Os dois jogam no New York City, time recém criado na MLS. Os dois chegaram ao time em julho, no meio da temporada, e ainda tentam fazer o time chegar aos playoffs.

No bar do aeroporto, os dois assistem ao jogo do Chelsea pelo Campeonato Inglês (a derrota por 3 a 1 para o Southampton, que falamos por aqui). A TV ligada no jogo de futebol agradava aos dois, mas desagradou um americano. “Troque para a Nascar. Futebol nem é um esporte de verdade”, gritou um americano.

O relato foi feito por Mix Diskerud, meio-campista que veste a camisa 10 do New York City, e que postou a história no seu Twitter:

“Pirlo e Lampard no bar do aeroporto assistindo ao jogo do Chelsea. Um americano não-atlético grita: ‘Troque para a Nascar. Futebol não é um esporte de verdade’. Embaraçoso”.

Imagine como ficaram as caras de Lampard e Pirlo ouvindo isso. A gente queria estar lá para ver como foi.