Frank Lampard admitiu que ainda sente as consequências da ruptura nos músculos no tendão. Por conta dessa lesão, o jogador desfalcou o Chelsea no mês de novembro.

“Meu tendão saiu do osso e não volta mais. Então tenho que fortalecer a região. Você tem que fazer duas ou três sessões extras por semana na academia. Foi uma lesão séria e eu ainda sinto”, afirmou o meio-campista inglês.

Lampard mostrou motivação a voltar a forma e ajudar a equipe. “Estou determinado a fazer um bom segundo turno porque eu praticamente perdi o primeiro turno.”

Antes da contusão no tendão, o meio-campista tinha desfalcado os Blues por conta de uma cirurgia na hérnia.