Lampard acha que demitir Mourinho do Chelsea seria um erro

Lenda do Chelsea, Lampard diz que o clube precisa se manter no plano a longo prazo com Mourinho

Frank Lampard marcou o seu nome na história do Chelsea com letras garrafas, recordes e uma paixão imensa da torcida pelo seu antigo camisa 8. Ele foi um dos símbolos do grande período do Chelsea, que conquistou três títulos ingleses com ele em campo, além de uma Champions League. Duas dessas taças foram com José Mourinho, agora ameaçado de demissão no clube onde voltou como rei. Mas Lampard defende o ex-treinador.

LEIA TAMBÉM: O Leicester botou o Chelsea na roda para simbolizar a reviravolta que vive a Premier League

Mourinho foi um dos que decidiu pela não renovação do contrato de Lampard, que acertou com o New York City. Antes, porém, passou uma temporada emprestado ao Manchester City e foi muito bem. O jogador defendeu a permanência de Mourinho no Chelsea, apesar da péssima fase que o time vive.

“Despedir Mourinho na metade da temporada não serviria para nada”, afirmou o meio-campista. “Tem que manter a aposta nele em vez de buscar outros treinadores em plena liga”, continuou. O ex-camisa 8 do clube não acredita que o time terá força para chegar em uma vaga europeia, mas também não corre risco de rebaixamento.

“O mais provável é que não consigam um lugar em competição europeia, mas tampouco acredito que vão ser rebaixados. Estou convencido que Abramovich pensa: ‘Vamos esperar e ver o que aconteceu no final da temporada’”, explicou Lampard.

Mourinho renovou o contrato com o Chelsea em agosto, quando era campeão inglês, até 2019. E Lampard acredita no plano a longo prazo do clube. “O que o Chelsea pretendia quando trouxe de volta o português era um plano a longo prazo. O que a equipe ganharia se dispensá-lo?”, disse.

Segundo veículos ingleses, a demissão de Mourinho é considerada pela direção do clube. Uma reunião foi marcada nesta quarta-feira para discutir o futuro do técnico. Uma solução que certamente custaria caro. Afinal, quatro anos de contrato para serem rompidos.