Não foi uma vitória, mas a Universidad de Chile volta do Paraguai com um excelente resultado pelas quartas de final da Copa Libertadores. Os azules foram inferiores durante a maior parte do jogo de ida contra o Libertad e, ainda assim, arrancaram o empate por 1 a 1 em Assunção. O reencontro de chilenos e paraguaios acontece na quinta-feira da próxima semana, no estádio Nacional de Santiago.

O Libertad começou se impondo na partida e já no primeiro minuto José Ariel Núñez exigiria boa defesa de Johnny Herrera. Os paraguaios, no entanto, marcariam o primeiro gol já aos sete minutos. Núñez deu belo passe de calcanhar e deixou Luciano Civelli livre pela esquerda. Após cruzamento, Victor Cáceres completou para o fundo das redes de carrinho, já na pequena área.

O Gumarelo se fechava bem na defesa e levava perigo principalmente pelo lado esquerdo, se lançando em contra-ataques. Aos 17, Miguel Samudio arrancou, mas acabou finalizando para fora. Controlando a posse, La U só chegaria com perigo nos 15 minutos finais. Aos 31, Angelo Henríquez cabeceou a queima-roupa e Rodrigo Muñoz fez milagre. Ainda assim, o Libertad tinha espaços e, em novo contragolpe de Samudio, Herrera salvou. No fim da primeira etapa, Muñoz se destacaria mais uma vez, agora em chute longe de Marcelo Díaz.

Na volta do intervalo, os anfitriões tentaram sair um pouco mais para o jogo e pressionavam os chilenos principalmente em bolas alçadas na área. Porém, quando os adversários eram melhores, a Universidad chegou ao empate, aos dez minutos. Gustavo Lorenzetti ficou com o caminho livre na intermediária e arriscou o chute. A bola desviou no marcador e acabou saindo do alcance do goleiro Muñoz.

Buscando a vitória, o Libertad se postou mais ofensivamente na sequência do jogo. Mas a resposta da equipe só viria aos 20 minutos, em chute cruzado de Civelli que Herrera segurou. Já aos 34, Rodolfo Gamarra cobrou falta a centímetros da trave. No fim do tempo regulamentar, Emilio Hernández recebeu cartão vermelho e deixou La U com um a menos, mas o Gumarelo não soube aproveitar a vantagem.