La Liga informou que detectou cinco casos de coronavírus em jogadores das duas primeiras divisões, todos assintomáticos, desde que começou a fazer testes para retomar as atividades, após o sinal verde do governo para voltar aos treinos, ainda individuais, no final de abril.

A permissão aos treinos individuais faz parte da “Fase Zero” do plano do governo para a reabertura do país. Os jogos poderão retornar apenas na segunda fase, ainda sem prazos definidos, embora o treinador do Leganés, Javier Aguirre, tenha deixado escapar 20 de junho como a data para a retomada dos campeonatos.

Pelo protocolo de La Liga, os jogadores infectados ficarão em quarentena em suas casas e manterão a rotina de treinos individuais, em linha com as instruções dos clubes. Serão testados para COVID-19 novamente nos próximos dias e, depois de dois testes negativos, poderão voltar aos centros de treinamentos. La Liga fornecerá testes para as pessoas que moram com os jogadores infectados.

O órgão disse que desconhece a identidade dos jogadores, “por causa da legislação de proteção às informações”. O goleiro da Real Sociedad, Álex Remiro, anunciou pelo Twitter que foi um deles.

.

.