A Champions League 2020/21 terminou de conhecer os seus classificados à fase de grupos. E, entre os três últimos sobreviventes dos playoffs, há novidades ao torneio continental. Krasnodar e Midtjylland disputarão pela primeira vez a etapa principal da Champions, após terem figurado na fase de grupos da Liga Europa anteriormente. Já o Red Bull Salzburg, se não é exatamente um novato após sua estreia na temporada passada, quebrou seu incômodo tabu no torneio: até então, nunca os austríacos haviam superado as preliminares da Liga dos Campeões, com 11 eliminações nas 11 tentativas anteriores.

O Salzburg tinha encaminhado a classificação ainda na partida de ida, ao derrotar o Maccabi Tel Aviv por 2 a 1 em Israel. Dentro da Red Bull Arena, os Touros Vermelhos repetiram o triunfo, desta vez por 3 a 1. O promissor Patson Daka abriu o placar aos 16 minutos e os visitantes até empataram, com Eden Karzev num chutaço de fora da área aos 30. Porém, Dominik Szoboszlai desempataria nos acréscimos do primeiro tempo, cobrando pênalti, e Daka concluiria o placar na etapa complementar. O time de Jesse Marsch disputará a fase de grupos pela segunda edição consecutiva da Champions, classificado diretamente em 2019/20.

Ainda que o PAOK viesse em alta na Champions, após eliminar Besiktas e Benfica, o Krasnodar se impôs de maneira incontestável num duelo teoricamente equilibrado. Os russos já vinham de vitória por 2 a 1 em casa e repetiram o placar na Grécia. O PAOK pressionava mais, mas teve a infelicidade de entregar um gol contra aos 28 do segundo tempo, com Ioannis Michailidis. Os gregos empataram aos 32, graças a uma cobrança de falta que Omar El Kaddouri emendou de cabeça. Mas nem deu para comemorar, já que Rémy Cabella asseguraria a classificação do Krasnodar, aproveitando o rebote de uma bola na trave no minuto seguinte.

Por fim, o Midtjylland goleou o Slavia Praga por 4 a 1. Depois do empate sem gols na República Tcheca, os escandinavos pareciam em risco na Dinamarca, mas deslancharam no fim. Os tchecos saíram em vantagem aos três minutos, com Peter Olayinka aproveitando a sobra de um escanteio, e dominaram o jogo até o início do segundo tempo. A reação dos dinamarqueses só começou aos 20 da etapa complementar, numa cabeçada de Sory Kaba. Já o gol que mudou a classificação veio aos 39. Kaba perdeu um pênalti, mas a arbitragem mandou voltar porque o goleiro Ondrej Kolar se adiantou e Alexander Scholz converteu na segunda tentativa. Foi então que a goleada surgiu, com Ogochukwu Onyeka e Anders Dreyer punindo os erros dos visitantes para ampliar a diferença na reta final.

Red Bull Salzburg e Krasnodar estarão no Pote 3 do sorteio da Champions League, enquanto o Midtjylland compõe o Pote 4. O chaveamento acontecerá nesta quinta, a partir das 12h (horário de Brasília), com transmissão do Esporte Interativo no Facebook, na TNT e no EI Plus. Aqui na Trivela, faremos uma transmissão ao vivo para comentar os grupos, a partir das 13h30.