Vincent Kompany completou uma década no Manchester City em 2018. O defensor assinou com o clube em agosto de 2008, às vésperas da chegada do Xeique Mansour, e viveu toda a transformação dos Citizens. Mais do que isso, se tornou um dos maiores símbolos do período vitorioso, capitão nas conquistas da Premier League e zagueiro fundamental na afirmação da nova potência. O marco na carreira do belga não passará batido. Em agosto de 2019, os Citizens realizarão uma partida de homenagem para Kompany. E mais nobre ainda será o gesto do veterano. Nesta quinta, ele anunciou que os fundos levantados no amistoso serão doados a moradores de rua de Manchester.

Realizar jogos em tributo antes do final da carreira costuma ser comum na Inglaterra. Kompany será um desses privilegiados. O compromisso deverá acontecer no próprio Estádio Etihad, durante a próxima pré-temporada. Assim, diante da oportunidade, o capitão resolveu lançar uma iniciativa ao lado do prefeito de Manchester, Andy Burnham. A partir de um fundo coletivo, o projeto Tackle4MCR tentará garantir uma cama a cada sem-teto da cidade no próximo inverno e possui o ambicioso objetivo de acabar com a situação de rua até 2020. O próprio prefeito doará 15% de seu salário ao fundo. Também ocorrerão outros eventos, como um jantar de gala, para promover a ideia.

“Eu recebi muito de Manchester: uma grande carreira no mais alto nível, o apoio incondicional dos torcedores, uma família adorável e muito mais para ser grato. Ao longo da última década, tive a sorte de ter testemunhado e participado da ascensão do Manchester City como clube e marca. Isso também aconteceu paralelamente com o crescimento da região. Entretanto, com este aumento espetacular, vem um lado negativo bem perceptível: mais e mais pessoas ficam de fora e não tem acesso aos benefícios do rápido desenvolvimento, muitas vezes deixando-os sem escolha a não ser morar nas ruas. O que mais me inspirou nessa região é a positividade das pessoas que vivem aqui. Como essa cidade é tão poderosa comparada a tantas outras que visitei, acho que temos a responsabilidade de levar todos conosco nessa jornada. Podemos iniciar algo belíssimo e alcançar um objetivo verdadeiramente único por uma cidade que é minha casa adotiva agora”, apontou Kompany, ao Manchester Evening News. Um verdadeiro líder vai muito além dos gramados.