O atacante Justin Kluivert confessou ter tido dificuldades para se adaptar ao estilo de jogo da Itália. Aos 20 anos, o jogador vive a sua segunda temporada pela Roma, depois de ser contratado por € 17,25 milhões junto ao Ajax, em julho de 2018. Um ponta que atua pelos dois lados, o neerlandês sofreu para defender, algo que não estava acostumado a fazer.

“Quando eu cheguei em Roma, eu era terrível na fase defensiva e, na Itália, se você não joga pelos outros, você não entra em campo”, contou Kluivert, de 20 anos. “Eu foquei muito nisso, eu tive muitos problemas nesta fase. Você tem que provar que está apto a isso quando você tem a bola e quando você não tem”.

O jogador também mostrou ambição. Quer chegar a uma final de Champions League, fazer um gol como o seu pai, Patrick Kluivert, campeão do torneio pelo Ajax, em 1994/95. “O meu pai fez gol em uma final de Champions League e ele venceu, eu quero que eles tirem a mesma foto quando eu vencer. Com qual camisa? Eu espero que com a camisa da Roma, mas eu não posso ler o futuro. Ainda está tudo por escrever”.

“Eu gosto de driblar e passar por quatro ou cinco jogadores, mas não é tão fácil mais. Eu não consigo sempre, mas esta é a minha ideia de ter sucesso”, disse o atacante. “No primeiro jogo contra o Torino, minha estreia pela Roma que eu nunca vou esquecer, eu fiz uma assistência para [Edin] Dzeko, o que foi um sonho. Foi maravilhoso ser imediatamente decisivo no novo clube”.

O ex-jogador do Ajax é um fã declarado de um jogador que hoje é rival: Cristiano Ronaldo. “Pelo que ele faz dentro e fora de campo, meu ídolo é Cristiano Ronaldo”, afirmou Kluivert ao DAZN. “Eu o admiro desde que era criança e eu ainda o acompanho, mas eu não tenho uma foto com ele”.

NA TV
Campeonato Italiano: Roma x Bologna
Sexta-feira, 16h45 DAZN (Clique aqui, assine e ganhe 30 dias grátis)