Miroslav Klose é um centroavante traiçoeiro para as defesas adversárias. Apesar do tamanho, o artilheiro sabe encontrar brechas em meio aos zagueiros e aparecer nos momentos decisivos. Por mais que não apareça sempre nos jogos, a eficiência nos chutes faz a diferença para Klose. E, de tento em tento, o camisa 11 entrou para a história da seleção alemã: igualou os 68 gols de Gerd Müller, se tornando o maior artilheiro do Nationalelf.

O gol que eterniza Klose no topo da artilharia da seleção veio com sua marca. Thomas Müller cruzou da direita e, sorrateiramente, o centroavante passou pelas costas do zagueiro, se esticando para empurrar às redes. Oportunismo e presença de área para abrir o placar contra a Áustria na vitória por 3 a 0, que deixa a Alemanha a quatro pontos da Copa do Mundo.

Isolar-se como maior goleador é questão de detalhe, embora seja impossível que Klose alcance a média de gols de Gerd Müller. O craque da década de 1970 precisou de 62 partidas para chegar à marca de 68 tentos, enquanto Klose entrou em campo pela 129ª vez com o país. E cabe lembrar que o avante da Lazio ainda pode ultrapassar o antigo ídolo do Bayern Munique como maior artilheiro alemão em Copas do Mundo: ambos balançaram as redes 14 vezes em Mundiais. Com mais um gol, além de ficar sozinho com a marca nacional, Klose empata com Ronaldo e também assume o recorde para si. Não é pouco.

Por todas essas marcas, não há dúvidas de que Klose estará para sempre no grupo de grandes artilheiros alemães de todos os tempos. Será interessante observar, no entanto, como o centroavante será considerado neste panteão. Por mais que supere Müller, o atual camisa 9 está distante de suas conquistas. Um eventual título na Copa de 2014 pode aproximá-los, ainda que o craque do passado tenha a Copa de 1974 e a Euro de 1972 a seu favor.

Outro ponto em questão contra Klose é o sucesso nos clubes – ou a falta dele. Embora colecione artilharias (como a Chuteira de Ouro da Copa de 2006 e da Bundesliga 2005/06), Klose nunca foi protagonista em um título notável. Levou duas Bundesligas enquanto esteve no Bayern, mas sempre abaixo das expectativas. Em comparação, Müller foi um dos destaques no tricampeonato dos bávaros na Copa dos Campeões.

No fim das contas, a Copa do Mundo tende a ser mesmo o momento decisivo para Klose. Não apenas pela possibilidade de entrar de vez na história do Mundial, como também por poder se provar como um vencedor. Afinal, dividindo espaço entre os dez maiores artilheiros da história da Alemanha com campeões do mundo e ídolos eternos nos clubes, como Gerd Müller, Jürgen Klinsmann e Fritz Walter, Klose é um jogador incontestável pelos números, mas que parece não ter tantos méritos quanto os outros para estar no topo da lista.

Os gols de Klose pela seleção alemã, ano a ano: