Já classificada para a Eurocopa, a seleção alemã enfrentará a Turquia nesta sexta-feira, em Istambul, em tese sem muitos objetivos. Para Miroslav Klose, porém, a partida pode ser importante para que ele se aproxime do recorde de gols com a seleção alemã. A marca pertence a Gerd Müller, com 68.

Klose, com 62, é o segundo colocado e, aos 33 anos, afirma não pensar em aposentadoria. Em entrevista ao jornal Bild, ele confessou que tem o objetivo de se tornar o maior artilheiro do Nationalelf.

“Enquanto eu sentir prazer em jogar e estiver livre de lesões, quero continuar atuando. Não tenho medo de competição e quero sim quebrar esse recorde”, disse o atacante, que trocou o Bayern Munique pela Lazio nesta temporada e já marcou cinco gols em sete partidas pelo clube italiano.  Klose é o segundo maior artilheiro da história das Copas do Mundo, com 14 gols em três edições, um a menos que Ronaldo.