A temporada do Liverpool já é histórica pelo maior número de pontos que o clube já fez na história da Premier League, além do que o time está apresentando em campo. O técnico do rival, Manchester City, falou depois do jogo contra o Manchester United, que recolocou os Citizens na liderança, que nenhum time terá nada a lamentar ao final da temporada. O técnico do Liverpool, Jürgen Klopp, foi na mesma linha. Valorizou o trabalho feito pelo time, seja ganhando o título, seja perdendo.

Isso porque o Liverpool joga na sexta-feira contra o Huddersfield, mas sabe que o título agora está nas mãos do Manchester City. Se vencer seus três jogos e o Manchester City também, o Liverpool terá feito 97 pontos, mais pontos do que qualquer outro campeão da Premier League, exceto pelo próprio City em 2017/18, que fez 100 pontos. O Liverpool não conquista o Campeonato Inglês desde 1990, quando ainda era chamada apenas de Primeira Divisão, antes mesmo do batismo como Premier League em 1992.

“É como Highlander, apenas um de nós pode estar lá no final”, brincou o técnico do Liverpool. “Nós não jogamos apenas para ser campeões. Sim, é o principal objetivo, e esse time está muito perto no momento, mas esta será a primeira vez, não a última. Apenas porque o clube está esperando um longo tempo não faz com que se torne mais provável. Que nós estamos perto já é surpreendente porque no ano passado nós estávamos 25 pontos atrás. Isso é muito bom”, afirmou Klopp.

“Nós temos que seguir, e nós iremos seguir, mas apenas um time pode ser campeão. Nós queremos jogar o melhor futebol que pudermos jogar todo dia. Isso é tudo que nós estamos interessados. Nós ainda temos três jogos para jogar, Huddersfield, Newcastle, Wolverhampton, eles provaram novamente (contra o Arsenal, na quarta, que eles serão um jogo duro”, analisou o treinador alemão.

“Nós não temos que recomeçar a situação, ou nem resumir a temporada. Se nós conseguirmos, conseguiremos. Se não conseguirmos, não haverá lamentações, desde que nós possamos dar o nosso melhor e eu vi isso toda a temporada dos rapazes. Nós começamos neste ano com este time e continuaremos assim”, continuou o treinador do Liverpool.

Durante a sua coletiva de imprensa, Jürgen Klopp foi perguntado por um jornalista norueguês que conselho ele daria para Ole Gunnar Solskjaer na tarefa de reconstruir o Manchester United. Logo o maior rival do Liverpool e que não conseguiu ajudar o time na disputa pelo título ao ser derrotado em casa pelo Manchester City. “Eles não nos ajudaram, por que eu deveria ajudá-los?”, brincou ainda Klopp. “Você precisa achar suas próprias soluções. É preciso tempo”.