Você já deve ter ouvido falar da Kick It Out. É uma organização inglesa que luta pela igualdade e inclusão no futebol, idealizadora de várias ações contra a homofobia e o racismo que já apareceram nas páginas da Trivela. A nova campanha, com o apoio do Chelsea e com participação da jogadora Eni Aluko, da Juventus, aborda um tipo de racismo que muitas vezes passa despercebido: o antissemitismo.

A Kick It Out informou que, no relatório que compilou as estatísticas da temporada 2017/18, 10% das discriminações foram contra judeus. E o problema particular do antissemitismo é que nem sempre ele é visto como uma discriminação racial. O forte vídeo abaixo tenta deixar bem claro que não há debate a ser feito: ofensas como as representadas nas imagens são ofensivas, são antissemitas e são racistas.

Antes de assistir ao vídeo, fica o alerta: ele contém cenas fortes.