Keane dá uma provocada: “Arsenal tem jogadores demais interessados em selfies para ser campeão”

O ex-capitão do Manchester United identificou o problema do Arsenal na Premier League: excesso de selfies

Roy Keane tem o seu estilo muito particular de falar com a imprensa. Com “muito particular”, quero dizer que ele fala o que vem à cabeça, sem pensar muito nas palavras que está proferindo. É assim desde os tempos de jogador, e uma de suas vítimas favoritas é o Arsenal, o principal rival dos tempos em que era capitão do Manchester United. Desta vez, em entrevista ao Telegraph, identificou o motivo de o clube de Wenger não ganhar a Premier League desde 2004: muitos jogadores que gostam de selfies.

LEIA MAIS: Há 15 anos, Palmeiras jogava melhor que o Manchester United, mas perdia o título Mundial

Pode ser que tenha mais a ver com outro mercado letárgico em comparação aos maiores rivais, mas não para Keane. “Temos a mesma coisa que na temporada passada”, disse. “Há jogadores demais no Arsenal interessados em selfies, o que quer que seja isso. Ao invés de se concentrar na Premier League, eles se preocupam com a imagem dos seus corpos, com os seus cabelos, mais do que em vencer as partidas”.

Questionado pelo repórter, Keane suavizou um pouco, mas acrescentou o gosto pelas cervejas. “Eles têm bons jogadores, jogadores muito bons mesmo. É um ou dois que estão mais interessados em selfies e engradados de cerveja”, completou.

Ano passado, depois da vitória do Arsenal na Copa da Inglaterra, Keane afirmou que o clube precisava de um “choque de realidade” porque comemorava terminar a Premier League em quarto lugar e vencer a semifinal da FA Cup sobre um time da segunda divisão nos pênaltis (o Wigan). “Estamos falando sobre o Arsenal Football Club”, afirmou, o que indica que ele tem, sim, algum respeito pelo Arsenal. Mesmo que não demonstre sempre.