O gol que Kazu Miura, o eterno Rei Kazu, marcou contra o Thespakusatsu Gunma, em 12 de março do ano passado, entrou para a história. Aos 50 anos e 14 dias, o atacante japonês tornou-se jogador mais velho a fazer um gol em uma competição oficial do qual se tem registro, superando o inglês Stanley Matthews. E quem manja de recordes é o Guinness. Em uma cerimônia no Japão, o Livro dos Recordes entregou uma placa ao veterano do Yokohama, reconhecendo o feito.

LEIA MAIS: 25 anos do título que transformou a seleção japonesa – e com tempero brasileiro

Kazu joga bola organizadamente desde os anos oitenta. Passou pelas categorias de base do Juventus, da Mooca, atuou por Santos, Palmeiras, XV de Jaú e Coritiba. Voltou ao Japão no final do século passado, após aventuras por Croácia e Itália, e defende o Yokohama desde 2005, quando ainda era um jovem de apenas 38 anos.

Em janeiro, renovou seu contrato por mais uma temporada, o que significa que deve quebrar o seu próprio recorde. “É uma grande honra, mas acho que este recorde será quebrado em breve”, disse Kazu, segundo o site Asahi Shimbun. “No começo, eu não queria que este fosse meu último recorde, mas então percebi que eu mesmo posso quebrá-lo”.

Kazu fez 12 jogos e marcou um gol na última temporada pelo Yokohama. Com contrato renovado, prepara-se para a disputa da próxima edição da J2 League, equivalente à segunda divisão do Japão. A estreia será em 25 de fevereiro, um dia antes de ele completar 51 anos.


Os comentários estão desativados.