Kasper Schmeichel possivelmente foi o jogador do Leicester que mais sentiu a morte de Vichai Srivaddhanaprabha, o presidente do clube vitimado pela queda de seu helicóptero nos arredores do Estádio King Power. Segundo relatos da imprensa inglesa, o goleiro saiu aos prantos rumo ao local do acidente quando recebeu a notícia. Além disso, passou toda a noite no estádio, oferecendo seu apoio a familiares e funcionários. Um dos mais antigos do elenco, o arqueiro foi contratado pela agremiação um ano depois da chegada do tailandês. Participou de toda a construção do grupo e, mais do que isso, finalmente recebeu confiança para sua carreira deslanchar. Criou um laço de amizade com Vichai, algo explicitado em uma belíssima carta publicada neste domingo. Abaixo, traduzimos suas palavras:

*****

Querido senhor presidente,

Não posso acreditar que isso está acontecendo. Estou totalmente devastado e com o coração partido. Não posso crer no que vi durante a noite passada. Isso simplesmente não parece real!

É difícil traduzir em palavras o quanto você significa para esse clube e para a cidade de Leicester. Todos sabemos sobre o investimento no clube que você e sua família fizeram. Mas o significado disso é muito maior. Você se importou profundamente não apenas com o clube, mas com a comunidade inteira. Sua contribuição infindável aos hospitais de Leicester e às instituições de caridade nunca serão esquecidas. Você foi acima e além em todos os aspectos.

Nunca me deparei com um homem como o senhor. Tão trabalhador, tão dedicado, tão apaixonado, muito gentil e muito generoso. Você tinha tempo para todos. Você tocava a todos. Não importa quem fosse, você tinha tempo para eles. Eu sempre admirei você como líder, como pai e como homem.

Você mudou o futebol. Para sempre! Você deu esperança a todos de que o impossível era possível – não apenas para os nossos torcedores, mas para os torcedores ao redor do mundo, em qualquer esporte. Poucas pessoas fizeram isso. Quando você me contratou em 2011, me disse que poderíamos ser campeões da Premier League em seis anos e que poderíamos fazer grandes coisas. Você me inspirou e eu acreditei. Você me fez sentir como se nada fosse impossível. Sem você e a sua família, tudo isso, tudo que fizemos juntos, tudo que conquistamos poderia nunca ter acontecido. Você me deu experiências que apenas acontecem na fantasia.

Você literalmente fez meus sonhos se tornarem realidade.

Mas o que me deixa mais orgulhoso é ter feito parte da sua visão. Do ambiente que você criou. Este clube, esta cidade é uma família. E tudo isso é por sua causa. Sou eternamente grato. Sou grato por ter conhecido você, por ter crescido próximo de você e de sua família maravilhosa, por todos os momentos privados e experiências conjuntas que tive com você em um nível pessoal. Parte meu coração saber que nunca mais o verei nos vestiários quando chego cedo para o meu aquecimento, para conversar sobre tudo ou sobre nada. Que você não estará lá se divertindo e rindo com os rapazes, vendo seu sorriso contagiante e o entusiasmo que respingava em todos que entravam em contato contigo.

Agora temos uma responsabilidade como clube, como jogadores e como torcedores: te honrar. Por te conhecer, fazemos isso como a família que você criou. Acompanhando e apoiando seus entes queridos através deste momento terrível.

Você tinha uma visão para este clube, você desejava o melhor a nós. Não há absolutamente nada que você não faria por nós. Você era tão apaixonado. Devemos honrar seu legado nos entregando por você em campo, como sempre queria, e continuando como este clube familiar que você construiu.

Você nunca saberá o quanto significa para mim e para a minha família.

Sou verdadeiramente honrado e privilegiado por ter sido uma pequena parte de sua vida.

#TheBoss