Loris Karius deixou o Liverpool, mas sempre terá os observadores atentos a criticar qualquer falha assim que ela acontecer. E o goleiro do Besiktas também não se ajuda. Até vem fazendo um trabalho razoável no clube turco, mas os deslizes repercutem mais, por tudo o que suscitam após a decisão da Champions. Ao menos nesta quinta-feira, os companheiros livraram o camisa 1 do pior na Liga Europa. O Sarpsborg abriram dois gols de vantagem na Noruega, em lances nos quais o alemão poderia ter feito bem melhor. Já no segundo tempo, os turcos arrancaram uma emocionante virada por 3 a 2, com o gol decisivo saindo aos 46 do segundo tempo.

Os gols do Sarpsborg aconteceram com apenas seis minutos de partida. No primeiro, Karius saiu mal do gol e Rashad Muhammed não perdoou. Já o segundo foi uma pintura de Tobias Heintz, com um balaço do meio da rua, que também se aproveitou da posição adiantada do goleiro. A reação começou no segundo tempo. Jeremain Lens fez o primeiro num belo chute e Vágner Love empatou logo depois, demonstrando todo o seu oportunismo. Por fim, a vitória foi decretada nos acréscimos. O goleiro Alexander Vasyutin também não acertou a mão e tomou o gol por cobertura de Lens.

O Besiktas é o segundo colocado do Grupo I, com sete pontos. O Genk lidera com oito, enquanto o Malmö tem seis e o Sarpsborg, cinco. Todos os times vão para a rodada final com chances de classificação. O último compromisso dos turcos acontece na Vodafone Arena, em Istambul, onde recebem o Malmö. Um empate basta para seguirem aos 16-avos de final da Liga Europa.