Kane tem mesmo estrela, e precisou de segundos para fazer gol na estreia pela Inglaterra

Atacante substituiu Rooney e logo fez o primeiro gol pela seleção inglesa, deixando ótima impressão em Wembley

Ninguém questiona a condição de Harry Kane como maior sensação da Premier League nesta temporada. Depois de passar por seguidos empréstimos, o garoto finalmente ganhou uma chance no Tottenham com Tim Sherwood. Para ocupar uma vaga que os veteranos Adebayor e Soldado não preenchiam. Mais do que isso, para se tonar artilheiro do campeonato. E, agora, para se tornar também o queridinho do restante dos torcedores ingleses. Com menos de um minuto em campo, em sua estreia pela seleção inglesa, Kane fez o gol que fechou a goleada por 4 a 0 sobre a Lituânia, pelas eliminatórias da Eurocopa de 2016.

VEJA TAMBÉM: FA quer mais Harry Kanes na Premier League. E tem novos planos para isso

A expectativa era a de que Kane pudesse ser titular do jogo em Wembey, mas Roy Hodgson preferiu escalar no ataque o trio formado por Rooney, Sterling e Welbeck. E o trio deu conta do recado muito bem, em jogo que se desenhava simples para os ingleses. A partir de um rebote do goleiro, Rooney abriu o placar, enquanto Welbeck ampliou em chute desviado na zaga. Já no segundo tempo, foi a vez de Sterling deixar o seu, depois de ótimo cruzamento do camisa 10.

Quando Rooney já tinha feito a sua parte, Hodgson substituiu por Kane, aos 27 minutos da etapa complementar. E o novato precisou de poucos segundos para fazer sua parte. Sterling cruzou e o centroavante apareceu para completar de cabeça, aproveitando o mau posicionamento do goleiro. Não precisou fazer muito mais. Com o jogo ganho, a Inglaterra não acelerava tanto no ataque, e se satisfez com o placar.

VEJA TAMBÉM: Show contra o Chelsea foi confirmação de que Kane é o melhor inglês da temporada

Kane pode não ser um primor tecnicamente, mas não dá para negar que o garoto tem os principais cacoetes de um bom centroavante. E, acima disso, possui muita estrela, o que vale demais para quem vive de balançar as redes. Para quem está apenas iniciando a sua carreira, vale muito para causar impacto na seleção. Especialmente, porque Andy Carroll, Rickie Lambert e outros centroavantes usados nos últimos tempos estão longe da unanimidade. Pela pouca idade e pela fase, Kane talvez se torne o xodó não apenas dos torcedores do Tottenham.