O Atlético de Madrid se preocupou nos últimos dias com a notícia de que Diego Costa deverá passar cerca de dois meses fora da equipe, se submetendo a uma cirurgia no pé. E enquanto se discute a possibilidade de contratar outro centroavante em janeiro, Nikola Kalinic se afirma como o substituto. O croata já havia anotado um gol no meio da semana, durante a vitória por 4 a 0 sobre o Sant Andreu, pela Copa do Rei. E voltou a aparecer neste sábado, abrindo o triunfo por 3 a 0 contra o Alavés, pelo Campeonato Espanhol. Nem de longe possui a qualidade do sergipano, mas vai sendo uma útil solução momentânea.

Kalinic inaugurou o marcador no Wanda Metropolitana aos 25 minutos. Thomas Lemar deu uma bela inversão a Santiago Arias, o lateral cruzou e o centroavante desviou com o corpo. Já no segundo tempo, o Atleti definiu o placar nos dez minutos finais. Em contra-ataque, Antoine Griezmann acertou a trave, mas aproveitou o rebote para ampliar. Por fim, em uma sobra dentro da área, Rodri fechou a conta. A má notícia aos colchoneros ficou pela lesão de Lucas Hernández, mais um a encher o departamento médico do clube.

A vitória reforça as condições do Atlético de Madrid no topo da tabela. Iguala os 28 pontos do Barcelona, na segunda colocação, ainda podendo ser ultrapassado pelo Sevilla. Já o Alavés perde a chance de se garantir no G-4. Com 23 pontos, pode perder a quarta posição para o Real Madrid.