Juventus vence a quarta seguida e mostra que tem força para sonhar com o penta

Velha Senhora derrotou o Palermo e assumiu a quinta colocação, a seis pontos da liderança

Uma das análises mais sensatas sobre o péssimo início da Juventus na Serie A veio de Roberto Mancini. O treinador da Internazionale relembrou a maneira como os bianconeri perderam o embalo no final de algumas das campanhas no tetracampeonato nacional. Apontava que não havia ninguém descartado, já que a força do clube de Turim o credenciava a uma arrancada. Exatamente o que acontece neste momento, ao final do primeiro turno. A Juve foi até a Sicília e derrotou o Palermo por 3 a 0. Emendou a quarta vitória consecutiva e já alcançou a quinta colocação, entrando na zona de classificação à Liga Europa.

A Juventus deixou poucas dúvidas de que partiria para cima do Palermo em La Favorita. A pressão intensa começou no primeiro tempo, mas demorou a se converter em gols. E manteve em perigo os bianconeri, mesmo amplamente superiores. O alívio viria apenas aos nove minutos da etapa complementar, em cruzamento perfeito de Dybala que Mandzukic apareceu para completar para as redes. E a impressão de vitória fácil só se concretizou depois dos 44, com Sturaro e Simone Zaza fechando o placar.

Para um time que perdeu suas referências na última temporada, era previsível que a Juventus passasse por dificuldades. Só que o impacto acabou sendo bem mais negativo do que o esperado. Nas últimas semanas, porém, Massimiliano Allegri conseguiu recuperar a regularidade de seu time no Italiano. A falta de efetividade do ataque já não atrapalha tanto, assim como a defesa recupera a sua solidez costumeira. E o time começa a propor bem mais o jogo do que vinha fazendo no começo da campanha. Dybala, Pogba e Cuadrado assumiram o protagonismo do time, e os resultados voltaram a aparecer mesmo com uma sequência não tão simples pela frente – incluindo os clássicos contra Torino e Milan.

Em uma competição na qual ninguém consegue se desgarrar do pelotão de líderes, a Juventus se aproxima. No melhor dos cenários diante dos jogos desta segunda (quando Fiorentina, Inter e Napoli entram em campo), a Velha Senhora pode ficar a quatro pontos da zona da Champions e a sete da liderança. O que, restando 24 rodadas para o término do campeonato, nem de longe assusta. O que pode atrapalhar é o afunilamento da Champions, onde os juventinos jogam a sério. De qualquer maneira, quem apostou em uma temporada claudicante dos bianconeri errou. No mínimo, o clube de Turim vai brigar pelas competições continentais. E isso se não embalar rumo ao penta, em disputa que promete ser parelha.