A Juventus se impôs diante do Palermo e venceu os rosanero por 3 a 0 neste domingo, em Turim, pela 12ª rodada do Campeonato Italiano. O time contou com uma boa atuação coletiva, com domínio da bola e atuação destacada do setor ofensivo e, com a vitória, assumiu a liderança.

A partida começou equilibrada, com o Palermo chegando algumas vezes no início do jogo e tendo chance de abrir o placar, como um lançamento para Fabrizio Miccoli que o goleiro Gianluigi Buffon teve que sair do gol para interceptar.

O time mandante da Juventus Arena, porém, fez valer o seu mando de campo. Aos 19 minutos, após jogada pela esquerda, Giorgio Chiellini, jogando como lateral, fez um cruzamento preciso para Simone Pepe subir sozinho de cabeça e marcar 1 a 0.

A Juventus teve uma grande chance aos 30 minutos. Andrea Pirlo chutou de fora da área depois de uma troca de passes no meio-campo e a bola explodiu na trave. No rebote, Alessandro Matri finalizou, mas pegou mal na bola e a defesa tirou.

Logo nos primeiros minutos do segundo tempo, Matri recebeu passe pela direita de Lichtsteiner e bateu forte de pé direito para marcar 2 a 0 para Vecchia Signora.

O domínio dos bianconeri culminou com o terceiro gol do time. Boa jogada de Mirko Vucinic pela esquerda, que tocou para o meio, Matri fez o corta-luz e Claudio Marchisio dominou e tocou cruzado: 3 a 0. Foi o quinto gol do meio-campista na temporada, empatando com Matri na artilharia do time na Serie A.

A Juventus chegou a 22 pontos, empatando com a Lazio e passando nos critérios de desempate e com um jogo a menos. Os dois times se enfrentam na próxima rodada, valendo a ponta. O Palermo continua com 16 pontos, em quinto.

Udinese perde e cai para quarta

Em Parma, a Udinese acabou derrotada por 2 a 0 para o time da casa, o Parma, e deixou escapar a liderança do Campeonato Italiano. O time sofreu um gol do ex-interista Jonathan Biabiany, aos 13 minutos do segundo tempo. Aos 31, Sebastian Giovinco, um dos destaques dos Ducali na temporada, marcou o segundo.

Com isso, os Friulani caíram para quarto, atrás da Juventus, Lazio e Milan – este último com o mesmo número de ponto, porém melhor nos critérios de desempate.

O Genoa conseguiu uma vitória suada contra o Novara por 1 a 0, com um gol de Miguel Veloso aos 40 minutos do segundo tempo, cinco minutos depois do adversário ter um jogador expulso. Com isso, o Genoa vai a 15 pontos, deixando o Novara com sete, na zona do rebaixamento.

Na Sicília, o Catania acabou derrotado pelo Chievo, que emplaca sua segunda vitória consecutiva. Sergio Pelissier, de pênalti, abriu o placar aos 46 minutos do primeiro tempo. No segundo, Francesco Lodi teve a chance e empatar, também de pênalti, mas desperdiçou. Paolo Sammarco, aos 27, definiu o jogo para o time de Verona: 2 a 0. No final, Sergio Almirón ainda marcou para os elefantes, aos 33, mas o time não teve forças para empatar o jogo.

O Siena recebeu a Atalanta na Toscana e arrancou um duro empate por 2 a 2 no final do jogo. Germán Dennis marcou o primeiro da Atalanta de pênalti, aos 15 minutos do primeiro tempo. Gaetano D’Agostino, também de pênalti, empatou o jogo aos 45.

Só que o atacante argentino marcou mais um no segundo tempo, aos sete minutos. Com os dois gols, Dennis assumiu a artilharia da Serie A com nove gols, um a mais do que Antonio Di Natale, que não marcou na rodada. Quando a vitória da Atalanta parecia certa, o Siena empatou. Aos 42 minutos, Alessandro Gazzi empatou o jogo e fechou o placar em 2 a 2 .

Confira os jogos da 12ª rodada:

Sábado, 19/nov

Internazionale 2×1 Cagliari
Fiorentina 0x0 Milan
Napoli 0x0 Lazio

Domingo, 20/nov

Bologna 0x1 Cesena
Catania 1×2 Chievo
Genoa 1×0 Novara
Juventus 3×0 Palermo
Parma 2×0 Udinese
Siena 2×2 Atalanta
Roma x Lecce