A Juventus conseguiu um acordo com os jogadores do seu time principal que irá fazer o clube economizar algo em torno de € 90 milhões. Os jogadores do time principal e a comissão técnica da Velha Senhora deixarão de receber salários dos meses de março, abril, maio e junho, como uma medida de emergência para lidar com a interrupção dos jogos causada pela pandemia de coronavírus. Segundo o Tuttosport, a folha salarial da Juventus é de € 20 milhões por mês.

“Juventus Football Club S.p.A. anuncia que, por causa da atual emergência global de saúde está impedindo a realização de atividades esportivas, chegamos a um entendimento com os jogadores e o técnico do time principal sobre o seu salario para a porção residual da temporada esportiva atual”, diz a nota divulgada no site da Juventus.

“O entendimento prevê a redução da remuneração por um valor igual aos pagamentos mensais de março, abril, maio e junho de 2020. Nas próximas semanas, acordos pessoais com os jogadores e o técnico serão finalizados, conforme exigido pelos regulamentos atuais”, continua a nota.

“Se a temporada atual for remarcada, o clube irá renegociar em boa fé com os jogadores e o técnico condições para aumento dos salários de acordo com o recomeço e finalização das competições. A Juventus agradece jogadores e técnico pelo seu comprometimento em um momento difícil para todos”, conclui o texto.