A Juventus entrou com uma denúncia na federação italiana contra Luis Figo nesta terça. De acordo com o clube de Turim, o jogador português fez declarações infundadas sobre Luciano Moggi, diretor geral do clube.

“As afirmações de Figo são infundadas, absolutamente infundadas e falsas. E ainda se tornam mais graves dentro de um contexto internacional”, afirma o clube em um comunicado oficial.

Em Berlim, por conta da apresentação dos novos uniformes da Nike para a seleção, Figo afirmara ontem que “Moggi deveria explicar o que estava fazendo no vestiário do árbitro antes do jogo [do último domingo]. Quando uma equipe nos vence com méritos, devemos dar os parabéns. Quando vence por contar com uma ajuda externa, é normal ficar nervoso. Não sei como Moggi pode assumir tais comportamentos como dirigente, e na minha carreira nunca encontrei alguém como ele nos outros países em que joguei”, disse.


Os comentários estão desativados.