A Alemanha vive um momento de transição, com uma conquista de Copa do Mundo em 2014 e uma decepção vexaminosa em 2018, caindo ainda na fase de grupos na Copa do Mundo da Rússia. O técnico, porém, segue o mesmo: Joachim Löw. O treinador vive um momento de muitos questionamentos e, por isso, o técnico Jürgen Klopp foi perguntado sobre a possibilidade de, um dia, treinar a Alemanha. O treinador se disse feliz no Liverpool e que não pensa nisso hoje, mas que pensaria, no futuro, se for uma possibilidade.

“Eu realmente não posso dizer. Eu não sei se eu gostaria de fazer isso. Agora, falando de hoje, eu não sinto que quero. Ressaltando o agora, eu estou totalmente feliz com o que eu faço e isso é importante na história toda”, despistou o treinador, que tem contrato com o Liverpool até 30 de junho de 2022. O treinador já chegou a dizer que depois que deixar o Liverpool pretende ter um ano sabático.

“Eu também não poderia dizer com 100% de certeza se eu seria o nome certo [para substituir Joachim Löw]. Se a pergunta um dia surgir, eu pensaria no assunto. Não agora”, disse ainda o técnico. Como era de se esperar, ele tem bastante moral com a diretoria do Liverpool, que pensa em mantê-lo o quanto tempo for possível.

Os planos do Liverpool para o técnico são de longo prazo. Antes da final da Champions League, vencida pelo clube, o presidente do Liverpool, Tom Warner, era só elogios ao técnico. “Eu acho que vocês sabem que nós gostamos muito dele. Nós já renovamos o seu contrato uma vez. Tudo que eu posso dizer que é obviamente importante que ele fique o quanto ele quiser. Nós acreditamos que ele está comprometido com o Liverpool”, disse Warner.

Joachim Löw renovou o seu contrato depois da Copa 2018 com um vínculo que vai até o fim de 2022, justamente logo depois da Copa do Mundo. Se Klopp cumprir o seu contrato até o fim, em junho de 2022, e não renovar, ainda terá alguns meses antes de, eventualmente, assumir o comando da seleção alemã. Isso, claro, se a federação alemã ainda quiser até lá e se o próprio técnico assim o quiser também.