O líder Barcelona venceu com bastante tranquilidade o lanterna Leganés por 2 a 0 em um vazio Camp Nou. Lionel Messi marcou mais uma vez, como já tinha acontecido no jogo anterior, mas vale destacar o bom desempenho de dois jogadores que foram titulares nesta partida. O lateral esquerdo Junior Firpo e o atacante Ansu Fati entraram na equipe, que teve algumas mudanças em relação ao time do jogo anterior, e mantiveram o bom nível. Os dois, aliás, participaram do primeiro gol do time.

O técnico Quique Sétien fez cinco alterações no time titular. Entre elas, Junior Firpo, que substituiu o lateral esquerdo titular Jordi Alba, e Ansu Fati, que jogou no lugar de Martin Braithwaite. Luis Suárez, ainda sem condições físicas plenas, ficou mais uma vez no banco. O zagueiro Clément Lenglet entrou no lugar de Ronald Araujo. No meio-campo, Arturo Vidal e Frenkie De Jong foram substituídos por Arthur e Ivan Rakitic.

O jogo não foi fácil, embora tenha sido o duelo do líder com o lanterna. No começo, o Leganés começou pressionando e conseguiu duas excelentes chances para marcar. Não conseguiu. O Barcelona dominava a posse de bola, mas tinha dificuldades em criar chances. Luis Suárez foi novamente reserva, ainda sem condições físicas plenas, e Griezmann foi o atacante mais centralizado do time.

No fim do primeiro tempo, o placar foi aberto. Messi abriu na esquerda para Junior Firpo, que tocou para Ansu Fati. O atacante recebeu, na entrada da área, e chutou rasteiro, no canto: 1 a 0 para os catalães. Belo gol do garoto, que só tem 17 anos.

O segundo tempo tinha o ritmo mais controlado pelo Barcelona, mantendo a posse de bola, mas sem sofrer ataques. Aos 19 minutos, Messi achou Nelson Semedo pela direita e o lateral português cruzou rasteiro. Griezmann tocou no cantinho para marcar. Seria o segundo gol, só que o gol acabaria anulado por um impedimento por poucos centímetros do lateral Semedo quando recebe a bola de Messi.

Pouco depois, Messi arrancou no meio-campo e foi escapando das faltas seguidamente, do círculo central até tocar para Suárez, receber de volta e cair dentro da área. Pareceu ter um puxão dentro da área sobre o camisa 10 do Barcelona. O árbitro apontou a marca da cal sem dúvida. O árbitro, porém, consultou o VAR sobre o lance e pareceu que houve uma discussão, porque ficaram alguns segundos conversando ali. Confirmado o pênalti, Messi cobrou e marcou: 2 a 0. Agora, sem precisar de confirmação.

Sétien aproveitou para usar as cinco alterações possíveis para descansar o time. No começo do segundo tempo, tirou Sergi Roberto para colocar Nélson Semedo; depois, tirou Ansu Fati e colocou Luis Suárez; pouco depois, saiu Sergio Busquets para a entrada de Arturo Vidal; Riiqui Puig entrou no lugar de Artur; Samuel Umtiti, recuperado de lesão, entrou no lugar de Gerard Piqué.

Firpo foi bastante consistente na lateral esquerda, apoiando bem, mas principalmente se posicionando bem na defesa. Ansu Fati era o melhor jogador do ataque até ser substituído. Lionel Messi manteve o ótimo padrão de qualidade, marcando o seu gol de pênalti e sendo bastante participativo. Quem ficou devendo, mais uma vez, foi Antoine Griezmann. Ele até marcou o gol impedido, mas exceto por isso, pouco fez. Luis Suárez entrou ainda muito sem ritmo, sem conseguir ter um bom desempenho. No meio, Rakitic foi o melhor, enquanto Arthur foi razoável.

O Barcelona volta a campo na sexta-feira, desta vez contra o Sevilla, fora de casa. Fique ligado na Programação de TV.

Classificação fornecida por SofaScore LiveScore