O volante Peter Biaksangzuala havia acabado de empatar a partida para o Bethlehem Vengthlang contra o Chanmari West, na liga estadual de Mizoram, no nordeste da Índia. Para extravasar a alegria, tentou dar duas cambalhotas. Acertou a primeira. Errou a segunda. Caiu de pescoço no chão, foi levado ao hospital e morreu aos 23 anos.

LEIA MAIS: Até Platini já admite que talvez seja necessário tirar a Copa de 2022 do Catar

 

Imediatamente após a queda, os companheiros de Peter ficaram assustados, pois perceberam que algo de errado havia acontecido. O jogador foi levado ao Hospital Civil de Aizawl para passar por exames e ficou constatada uma lesão na coluna vertebral. Passou por cirurgia e foi internado na Unidade de Tratamento Intensivo, mas não aguentou os ferimentos.

“Foi um dia triste para o futebol de Mizoram”, afirmou a liga em um comunicado no Facebook. “A morte do jogador chocou seus companheiros, jogadores e torcedores ao redor de Mizoram. Peter era um meia defensivo que sempre foi agressivo e trabalhador, um verdadeiro atleta de equipe”.

Seu funeral foi realizado em Khawzawl, cidade natal de Peter, e a sua camisa número 21 será aposentada no Bethlehem Vengthlang. A liga também está pensando em realizar uma partida beneficente em sua homenagem, segundo o secretário Lalnghinglova Hmar. “Peter era muito talentoso e tinha o sonho de jogar na liga nacional”, afirmou.


Os comentários estão desativados.