Josué está na história do Wolfsburg. O volante, ex-Goiás e São Paulo, jogou no clube alemão de 2007 até 2013, antes de voltar ao Brasil o Atlético Mineiro. Por lá, tornou-se referência: foi o capitão do time no momento mais importante da história dos Lobos, o título alemão em 2008/09. Atualmente o volante brasileiro atua como embaixador da equipe alemã e falou sobre aquele ano mágico.

LEIA TAMBÉM: Lahm sobre mudar de Guardiola para Ancelotti: “Tivemos que aprender de novo”

Naquele ano, o Wolfsburg desbancou o sempre favorito Bayern de Munique e terminou em primeiro lugar com 69 pontos, dois a mais que os bávaros. E com direito a uma goleada marcante sobre os então favoritos. E é impossível falar daquele título sem citar as grandes atuações de Grafite e Edin Dzeko, os dois principais artilheiros do campeonato, com 28 gols para o brasileiro e 26 para o bósnio.

Segundo Josué conta, o time era muito unido dentro e fora de campo. Abaixo, trechos de uma entrevista dada ao Twitter oficial do Wolfsburg em português, @VfLWolfsburg_PT. Vale a pena seguir, conteúdo em português sobre os Lobos. Veja:


Josué fala sobre o seu melhor momento na… por trivelafutebol


Josué: união do grupo do Wolfsburg de 2008/09 por trivelafutebol