O jornal inglês Daily Telegraph ficou tão impressionado com a peculiaridade dos nomes de alguns jogadores brasileiros que até decidiu fazer uma seleção, com formação tática e tudo o mais, para destacar os que consideravam mais “rídículos”. O resultado é uma compilação de super-heróis, ícones da música e até trocadilhos cricunstanciais com o ex-zagueiro e hoje treinador Argel Fucks e Scheidt, de passagem nada marcante pelo Celtic.

VEJA TAMBÉM: Este é o uniforme 2015 do São Paulo, o primeiro feito pela Under Armour

Exceto pela presença de alguns nomes como Creedence Clearwater Couto, Mahatma Gandhi e Ben-Hur, por exemplo, maioria dos outros soa tão natural para nós que sequer sabemos se isso é bom ou ruim. Tem algo mais brasileiro do que um atacante chamado Claudio Pitbull e um lateral conhecido como Yago Pikachu?

Mesmo com toda a estranheza que alguns desses nomes inspirados em personagens possa causar nos ingleses, provavelmente o maior choque vem da dupla de zaga escolhida por eles. Argel Fucks, por exemplo, é descrito como o “jogador mais obsceno a representar o Brasil”, enquanto Scheidt, cujo sobrenome soa algo completamente diferente para os britânicos, dispensa comentários e é mais lembrado por sua passagem sem sucesso pelo Celtic.

Confira a escalação formada pelo Telegraph e, se conseguir lembrar de nomes suficientes, deixe a sua na área de comentários abaixo.

BraziliansXI-2_3286684b