Por orientação do Ministério da Saúde, que recomendou que grandes eventos sejam cancelados ou adiados nesta sexta-feira, os jogos de campeonatos estaduais nas capitais de São Paulo e Rio de Janeiro e das duas primeiras divisões do Campeonato Mineiro serão realizados com portões fechados, a partir deste fim de semana, em reação à pandemia de coronavírus. Até o começo desta tarde, o Brasil havia registrado 151 casos.

MAIS: QUAIS CAMPEONATOS ESTÃO SUSPENSOS? QUAIS FECHARAM OS PORTÕES? 

Em nota, a CBF confirmou que comunicou a orientação do Ministério da Saúde às federações de São Paulo e Rio de Janeiro e afirmou que a medida tem tempo indeterminado. “E está sendo tomada por conta do estágio de transmissão comunitária do coronavírus, já identificado pelo Ministério da Saúde nestes centros urbanos, situação que gerou a recomendação expressa de restrição do contato social nestes eventos”, disse.

O médico da Federação Paulista de Futebol, Moises Cohen, afirmou em entrevista à ESPN Brasil que a entidade recebeu a recomendação do Ministério da Saúde pela manhã e, por enquanto, ela se aplica somente às capitais. “No interior, onde a incidência é menor, e os estádios são menores, talvez a aglomeração seja menor, ainda não existe essa deliberação. É uma decisão de toda a diretoria, mas, com certeza, dentro dos preceitos de seguir a orientação, os portões deverão ser fechados”, disse.

Desta maneira, serão afetados os jogos São Paulo x Santos e Corinthians x Ituano, pela primeira divisão, além de Portuguesa e Rio Claro pela Série A2.

No Rio de Janeiro, a Federação Carioca emitiu uma nota suspendendo a venda de ingressos para todas as partidas da terceira rodada da Taça Rio, sem especificar as que estavam programadas para capital ou para outras cidades, como Saquarema (Boavista x Cabofriense) ou Resende (Resende x Macaé).

A entidade afirmou que aguarda diretrizes dos órgãos governamentais para “decisão final”, e o jornal O Globo informa que Botafogo, Flamengo e Fluminense, mandante do clássico contra o Vasco, estudam maneiras de reembolsar torcedores que já haviam comprado ingressos.

A Federação Mineira de Futebol determinou portões fechados, “considerando as orientações do Ministério da Saúde (…), considerando que está comprometida com a prevenção do COVID-19 diante do risco de propagação e contaminação em massa, dando prioridade absoluta à saúde dos jogadores, membros de comissão técnica e jogadores (…) e considerando a proximidade dos jogos já designados para o próximo final de semana e que algumas equipes já se encontram em trânsito para a realização dos mesmos”.

O Campeonato Goiano, na quinta-feira, havia sido o primeiro do Brasil a anunciar portões fechados a partir deste fim de semana.