Os jogos de Liverpool, Arsenal e Manchester City passarão a contar com uma novidade interessante para suas transmissões: replays em 360º, oferecidos com o uso de 38 câmeras específicas para fazer esse tipo de captação. A tecnologia é oferecida pela Intel, em parceria com os clubes, e será similar ao que já pode ser visto no Campeonato Espanhol. A empresa de tecnologia tem contrato com La Liga e, por isso, lá todos os jogos possuem o recurso. No caso da Premier League, apenas os jogos destes três times contarão com o recurso.

VEJA TAMBÉM: Como será a tecnologia usada no futebol em 2060? Uns malucos resolveram imaginar isso

 

Com a tecnologia, será possível incluir vários pontos de vista, inclusive do jogador, e recriar as jogadas. É importante dizer que as imagens não terão qualquer relação com o VAR, o árbitro assistente de vídeo, que passará a ser usado na próxima temporada na Premier League. As imagens não serão usadas para este fim – e não serão mostradas em casos polêmicos até que o árbitro tenha tomado uma decisão.

“Sempre estamos buscando melhorar experiências dos torcedores”, diz Olly Dale, diretor comercial do Liverpool. “Gostaríamos de ver o jogo por todos os ângulos possíveis. É algo muito além do que vemos em uma transmissão tradicional. Poderemos ver os lances de ângulos que antes não eram possíveis”, diz ainda o executivo.

A solução será apenas para a transmissão na TV, não no estádio. Será usada nas transmissões da Sky Sports e BT Sport, que transmitem a Premier League no Reino Unido. As imagens poderão ser usadas pelas redes sociais e canais do clube. Além disso, as imagens serão disponibilizadas para a comissão técnica para análise, caso queiram, embora esse não seja o objetivo. A ideia é focada na experiência do torcedor na transmissão, embora não estejam descartados usos mais adiante até mesmo no estádio.

A experiência na Espanha é muito interessante e muito divertida para acompanhar. Permite quase que as jogadas pareçam com o que vemos no videogame. As demonstrações são interessantes e devem mesmo tornar a transmissão ainda mais completa. Veja no vídeo uma pequena demonstração do recurso:


Os comentários estão desativados.