Se os prêmios oferecidos ao melhor do mundo considerassem apenas bola, e não necessariamente o nome, Kevin de Bruyne seria candidatíssimo na disputa rumo a 2018. Tudo bem, há muita água para rolar na temporada e o final é o que acaba realmente importando. Mas o nível do belga nestes primeiros meses de campanha com o Manchester City impressiona. Em um time que está voando coletivamente, o meio-campista ainda consegue se destacar. Foi assim neste sábado, quando os Citizens derrotaram o Leicester por 2 a 0, no Estádio King Power. O camisa 17 abrilhantou a tarde com um golaço de encher os olhos.

Foi novamente uma partida dominante do Manchester City, mas com seus momentos de apuros (como num lance no qual Vincent Kompany deveria ser expulso e o árbitro aliviou) e de pouca produtividade em outros. O placar foi aberto apenas aos 45 do primeiro tempo, em uma jogada daquelas que ressaltam bem o entrosamento da equipe. Em uma troca de passes rápida, David Silva infiltrou na área e só rolou para Gabriel Jesus arrematar às redes vazias. O brasileiro foi titular no ataque, com Sergio Agüero, que passou mal durante a semana em amistoso pela Argentina, permanecendo no banco.

Já a pintura assinada por De Bruyne aconteceu aos quatro do segundo tempo. O lance começou pouco depois de uma chance clara ao Leicester, em que Ederson e David Silva salvaram a pele dos Citizens. Já no contra-ataque, Leroy Sané passou para De Bruyne na entrada da área. O meio-campista dominou de direita, ajeitou de esquerda e soltou o canudo de canhota, na gaveta de Kasper Schmeichel. Depois do que fez contra Arsenal e Chelsea, adicionou mais um golaço para a conta, seu terceiro tento nesta Premier League.

A vitória mantém a enorme folga construída pelo Manchester City na liderança. O time chega aos 34 pontos em 36 disputados, nove acima do Chelsea, atual campeão. A maior questão que fica é: até quando o fôlego durará? Se a boa fase de De Bruyne continuar assim, dá para responder que o declínio dos Citizens ainda demorará a acontecer.


Os comentários estão desativados.