Jogadores espanhóis são presos por tráfico de cocaína

A polícia espanhola prendeu um jogador de futebol profissional, dois ex-jogadores e dois agentes após apreender 600kg de cocaína vindos da Argentina, no valor estimado em € 70 milhões, disseram os oficiais na quinta-feira.

A polícia, que também prendeu outras sete pessoas envolvidas na investigação, não identificou nenhum dos detidos. As drogas chegaram na Espanha em uma embarcação que deveria transportar equipamentos geradores de energia eólica.

Um dos jogadores atua no time da segunda divisão espanhola Rayo Vallecano, e um dos outros ex-jogadores vestia a camisa do Athletic Bilbao, mas a polícia decidiu manter em sigilo os nomes dos envolvidos.

A Argentina se tornou conhecida por realizar o transporte de cocaína produzida na Colômbia, Bolívia ou Peru, enquanto a Espanha seria porta de entrada do tráfico de drogas sul-americano na Europa.