O AZ vive um início de ano ruim. Apesar da classificação na Copa da Holanda, a equipe só venceu uma das últimas cinco partidas pelo Campeonato Holandês, perdendo posição na tabela. As esperanças da torcida se depositavam sobre a Liga Europa, apesar do duelo difícil com o Lyon nos 16-avos de final. Os torcedores só não esperavam tamanho massacre: depois de perder por 4 a 1 em Alkmaar, o time foi dilacerado na visita à França, goleado por 7 a 1. Vergonha que levou os próprios jogadores a ressarcirem parte do prejuízo daqueles que estiveram presentes no jogo de volta. Daqueles que resolveram apoiar o clube de coração fora do país mesmo depois do desastre em casa.

Os 660 torcedores que viajaram à França ganharão um cartão. O ‘vale-presente’ servirá como um passaporte para que entrem no estádio em um dos últimos quatro jogos do AZ fora de casa pelo Campeonato Holandês. O clube ainda enfrenta Feyenoord, Ajax, Heracles Almelo e NEC. O valor das 660 entradas será bancado pelos próprios jogadores.

“Nós fizemos um desserviço ao clube com este jogo. Nós decepcionamos os torcedores, que viajaram a Lyon para nos apoiar. Como time, gostaríamos de tomar uma atitude e, embora seja difícil determinar os gastos de cada um, esse é o mínimo que podemos fazer. Seguimos brigando pelo quarto lugar no liga e estamos nas semifinais da copa. Tentaremos oferecer um bom final de temporada”, declarou Ron Vlaar, capitão do AZ.