O jogador mais jovem a marcar um gol pelo Monaco foi o grande responsável pela classificação da França à final da Eurocopa sub-19. Kylian Mbappé, de 17 anos, marcou dois gols na vitória por 3 a 1, de virada. O jogador estreou pelo Monaco nesta temporada como profissional e é o artilheiro da Eurocopa sub-19. Com os dois gols que marcou nesta quinta, ele chegou a cinco  no torneio.

LEIA TAMBÉM: O lateral inspirado em Roberto Carlos que leva uma Itália bem típica à final da Euro sub-19

A participação de Mbappé na Eurocopa sub-19 tem sido marcante. Dos 11 gols marcados até aqui, o atacante participou de seis, com uma assistência além dos seus cinco gols. Ele será a estrela da França, que tentará o terceiro título da categoria.

Com o destaque que vem tendo, é bem provável que o atacante ganhe mais oportunidades de jogar pelo Monaco na temporada. Em 2015/16, ele atuou em 11 jogos e marcou um gol.

Pode ser pouco, mas foi um gol marcante: com ele, bateu o recorde de jogador mais jovem a balançar a rede pelo clube do principado, superando Thierry Henry. Com 17 anos e 62 dias, ele marcou um dos gols do time na vitória por 3 a 1 sobre o Troyes. Ele superou Henry, que marcou um gol com 17 anos e 254 dias.

O gol que Henry marcou que definiu o recorde foi em 1995. O atacante viria a fazer uma carreira marcante, incluindo ir à Copa do Mundo de 1998, quando acabou campeão. Mas Mbappé sequer havia nascido. Ele só viria ao mundo em dezembro daquele ano. No dia 20 de fevereiro deste ano, ele quebrou o recorde contra o Troyes, 21 anos depois.

Embora ainda muito novo, Mbappé é visto como um jogador de potencial há algum tempo. Em fevereiro, quando quebrou o recorde, foi assunto de especulação no Arsenal e no Liverpool. Considerando que o Manchester United pagou € 50 milhões por Anthony Martial em 2015, o Monaco tratou de renovar o contrato do garoto enquanto era tempo. Ele, assim, será o principal jogador para ficar de olho no lado francês.

Tradição francesa

A França tem bastante tradição nos torneios europeus sub-19. Tem dois títulos, cinco semifinais e um vice-campeonato. Em 2005, o time que tinha o goleiro Hugo Lloris, Youanes Kaboul, Abdolaye Baldé, Yohan Gourcuff e Yohan Cabaye levantou a taça no torneio que foi disputado na Irlanda do Norte.

Baldé, aliás, foi o craque daquele torneio, mas nunca deslanchou de vez. Roda por clubes pequenos da França desde o início da sua carreira e atualmente está no Vendée Luçon, um time da terceira divisão francesa. Atualmente, ele tem 29 anos.

Já em 2010, o time que foi campeão tinha dois dos grandes jogadores do país da atualidade: Antoine Griezmann, artilheiro da Eurocopa 2016, apesar da derrota, e Alexandre Lacazette, atualmente no Lyon.

Outro que fazia parte do elenco era Francis Coquelin, que hoje é titular do Arsenal. O time bateu a Espanha na final, que tinha Martín Montoya, Marc Bartra, Thiago Alcântara, Rodrigo, Sergio Canales, Iker Muniain e Koke, do Atlético de Madrid.

Os franceses terão que encarar a Itália na final. O jogo acontece no domingo, às 15h30. A transmissão será do SporTV (ainda a definir quais dos canais).

TRIVELA FC: Conheça nosso programa de relacionamento, ganhe benefícios e marque um gol pelo jornalismo independente!