Jogador por jogador, como o Real Madrid montou o elenco finalista da Champions

Por Bruno Bonsanti

Duas finais de Champions League em três temporadas não é para qualquer um. Apesar de percalços com os treinadores, e algumas negociações inexplicáveis (Di María), o Real Madrid colhe os frutos de manter boa parte do seu elenco. Em sua maioria, os principais jogadores são os mesmos da decisão de Lisboa, com exceção de Casemiro e Toni Kroos, as caras novas do time titular.

LEIA MAIS: Jogador por jogador, como o Atlético de Madrid montou o elenco finalista da Champions

O perfil do elenco comandado por Zinedine Zidane é o de grandes contratações, principalmente no meio-campo e no ataque, formado pelo estrelar trio BBC: Bale, Benzema e Cristiano Ronaldo. Os jovens formados nas categorias de base, como Nacho Fernández, Jesé e Vázquez, têm status de reserva. Menos Dani Carvajal, que alterna a titularidade na lateral direita com o brasileiro Danilo.

Há apostas que deram certo, como o próprio Casemiro, que foi contratado baratinho do São Paulo, com a desconfiança dos analistas, e conseguiu cavar o seu espaço. Outro é o contestado Keylor Navas, que quase foi envolvido em uma troca com o Manchester United por David De Gea, mas faz uma temporada impecável debaixo das traves.

Jogador por jogador, veja com quem Zidane pode contar para a decisão de Milão contra o Atlético de Madrid:

[galeria_embeded]

TRIVELA FC: Venha fazer parte do nosso clube de relacionamento e marque um gol pelo jornalismo independente!

Mais Champions:

O sucesso de Real e Atlético na Champions se escreve a quatro luvas: Navas x Oblak

Uma obsessão, dois significados: o que o título da Champions representa para o Atlético e Real Madrid

Real Madrid: ‘a por la Undécima’ contra o rival madrilenho e a maldição de jogar em San Siro

As seis vezes que a final da Champions League foi uma revanche