Francês do Birmingham doa todo o salário para quatro causas diferentes

Guy Moussi vai ajudar a campanha do ebola, um desastre turco, uma igreja em Paris e um grupo de torcedores do Birmingham

O volante francês Guy Moussi não tem aquela afinidade toda com a bola, mas defende bem e tem força. O suficiente para ter ficado seis temporadas no Nottingham Forest, time da segunda divisão inglesa. Sem clube desde maio, acertou um contrato de dois meses com o Birmingham, até 18 de janeiro, e não foi por necessidade financeira.

LEIA MAIS: Caridade com crianças brasileiras valeu um prêmio importante para Özil

Moussi vai doar todo o salário desse acordo para quatro instituições de caridade diferentes. Pode ser que ele tenha um coração muito grande ou simplesmente seja indeciso. O dinheiro vai para a campanha que tenta controlar o vírus ebola, para o desastre de uma mina em Soma, na Turquia, para um grupo de torcedores deficientes do Birmingham e uma igreja de Paris.

Moussi deixou a França em 2008, depois de defender o Angers, e também teve uma passagem rápida por empréstimo pelo Milwall. Nunca brilhou muito dentro do gramado, pelo menos não tanto quanto está brilhando fora dele.