Um dos lances mais famosos da história do futebol é o drible da vaca que Pelé deu no goleiro Mazurkiewicz, do Uruguai, na Copa de 1970. Tostão enfiou a bola para Pelé, que deixou passar por um lado do goleiro e o enganou. Pegou do outro lado e chutou cruzado, mas a bola foi para fora. Uma pena, porque seria um dos mais belos gols de Copas do Mundo. Aquele jogo, no estádio Azteca, na Cidade do México, ficou marcado na história. Veja o lance marcante:

 

Naquele mesmo país, 43 anos depois, o famoso lance se repetiu, mas desta vez a bola entrou. Não foi um lance tão bonito quanto o de Pelé, nem foi contra um adversário tão tradicional, muito menos em uma semifinal da Copa do Mundo, mas ainda assim, um drible espetacular, que merece o registro. O nome da fera é Richard Ruiz, do Tijuana, naquele gramado artificial tão criticado, em jogo contra o Atlante, pelo Campeonato Mexicano. O jogo acabou 4 a 1 para o Tijuana, que é apenas o 10º colocado nesta temporada, enquanto o Atlante amarga a última posição. Veja o gol:


Os comentários estão desativados.