A vitória do Sevilla por 2 a 1 sobre o Liverpool, em amistoso no último domingo, em Boston, teve uma cena bem forte. Por volta dos 30 minutos, o defensor francês Joris Gnagnon, do time espanhol, deu um feio pontapé no jovem Yasser Larouci, que caiu se contorcendo de dor, foi retirado de maca e precisou deixar o estádio Fenway Park de muletas. 

Depois do jogo, o treinador do Liverpool, Jürgen Klopp, afirmou que o garoto de 18 anos deu sorte, mas que seria necessário “aguardar um pouco” para ter certeza das suas condições. “Ele estava em total aceleração naquele momento. Se ele fosse atingido em uma posição um pouco diferente, já era. Ele rola… ele é um atleta, então tudo bem, nada aconteceu ali. Eu não sei 100%. Parece que ele teve sorte, mas conversei rapidamente com o médico. Vamos ver”, disse o alemão.  

Larouci foi retirado de maca do gramado do Fenway Park (Foto: Getty Images)

O zagueiro Gnagnon, 22 anos, chegou ao Sevilla do Rennes na temporada passada e disputou 16 partidas. Foi imediatamente expulso pelo árbitro do amistoso e pediu desculpas por meio de um comunicado no Twitter. “Quero pedir desculpas em público para o Liverpool, à família do jogador e aos torcedores. Por algum motivo, foi um ato detestável da minha parte que não deveria ser visto em um campo de futebol. Todas minhas orações estão com o jogador e a família”, escreveu. 

Yasser Larouci tem sido uma das novidades da pré-temporada do Liverpool. Foi contratado do Le Havre, em novembro de 2017, e atua pelo time sub-18. Na última temporada, foi deslocado da ponta para a lateral esquerda e impressionou a ponto de ser testado por Jürgen Klopp para a vaga de reserva de Andrew Robertson no time principal, após a saída de Alberto Moreno. 

Veja o lance: 

*****

Estamos também no YouTube! Confira nosso último vídeo e se inscreva no canal para fortalecer o jornalismo esportivo independente em mais um meio: