O defensor Clément Pinault, do Clermont, morreu nesta quinta-feira, quatro dias após sofrer um ataque cardíaco em sua casa. Pinault, que tinha 23 anos, estava internado em coma artificial desde o último domingo, segundo o médico do clube, Franck Thiel.

Pinault havia jogado pelo clube da segunda divisão francesa na última sexta, na vitória por 2 a 0 pelo Brest. De acordo com Thiel, exames recentes não atestaram qualquer problema no coração do jogador, que havia se transferido do Le Mans para o Clermont em junho do ano passado.

Em nota oficial, o presidente da liga francesa (LFP), Frédéric Thiriez, manifestou pesar pelo falecimento de Pinault: “Eu mantive contato diário com o presidente do Clermont, Claude Michy, para tomar conhecimento do estado de saúde de Clément. Ainda ontem, falei com o pai dele ao telefone. Este é um drama que nos toca profundamente. Dirijo minhas condolências mais sinceras à sua família, aos parentes, aos companheiros e dirigentes do Clermont”.