A Major League Soccer reuniu as suas estrelas para enfrentar o Atlético de Madrid, na última quarta-feira, mas quem brilhou foi o jovem João Félix, milionária contratação colchonera. Entrando no segundo tempo, o português de 19 anos fechou o placar de 3 a 0 a favor dos espanhóis com um golaço e uma linda assistência para Diego Costa.

Simeone deu uma chance aos americanos, com um time praticamente reserva no primeiro tempo para enfrentar Nani, Rooney, Carlos Vela e Zlatan Ibrahimovic. O sueco, porém, foi o primeiro a sair, por volta dos 30 minutos. Rooney e os outros titulares da MLS foram substituídos ao fim da etapa amplamente dominada pelo Atlético de Madrid, que abriu o placar com um gol de Marcos Llorente, outro novo rosto do clube espanhol.

O treinador argentino trocou todo mundo no começo do segundo tempo, introduzindo jogadores como Koke, Diego Costa, Lemar e Félix. Aos 40 minutos, a promessa portuguesa acertou um chutaço de fora da área para fazer 2 a 0. E, nos acréscimos, achou um lindo passe que atravessou o campo até cair para Diego Costa marcar o terceiro.

Desde 2005, a Major League Soccer reúne seus principais jogadores para enfrentar um adversário europeu. Em 15 edições, os americanos venceram sete, empataram três e perderam cinco. O último triunfo foi em 2015, contra o Tottenham.

.