Qualquer ser humano que já sonhou em se tornar jogador de futebol (ou seja, 99,9% da população mundial), também pensou como seria disputar uma Copa do Mundo. E boa parte desses imaginou a sensação de disputar uma Champions League. O hino na entrada de campo, a história dos estádios europeus, as arquibancadas lotadas, os craques ao lado em campo. A maioria, no entanto, não passa nem perto e precisa se contentar com as pouco especiais peladas de final de semana. A não ser que queiram dar um presente para você.

Pois a Master Card da Turquia garantiu a um grupo de peladeiros uma baita surpresa. Era para ser um bate-bola normal em um society de Istambul. Até a atmosfera começar a se transformar. Primeiro, a música inconfundível. Depois, as criancinhas entrando em campo, que levaram os rapazes a se perfilarem. Os câmeras com coletes de TV. A torcida barulhenta, com bandeiras e bumbos, ao melhor estilo do futebol turco. E a melhor parte: a entrada do lendário Pierluigi Collina para apitar a peleja, carregando a bola oficial do torneio.

Já pensou ter a sorte de participar de um rachão de luxo desses?