Durante 16 anos, ele foi uma garantia de solidez no gol do Everton. Impressionante combinação de coragem, confiança, segurança e ótimos reflexos, o galês Neville Southall – que completou 60 anos no último domingo – esteve entre os melhores goleiros não só do futebol inglês como de toda a Europa na década de 80. Lenda dos Toffees, “Big Nev” foi o jogador que mais vezes vestiu a camisa do clube na história, atuando entre 1981 e 1997. E foi instrumental no último grande período de glórias para o lado azul de Merseyside.
 
Nascido na cidade litorânea de Llandudno, no norte do País de Gales, Southall desde criança foi apaixonado por futebol e jogava como goleiro já em seu time de escola, mas não pensava que seguiria carreira profissional no esporte. Queria ser carteiro, mas acabou trabalhando de garçom, lixeiro (o que inspirou o título de seu livro de memórias, “The Binman Chronicles”) e ainda na construção civil. Manteve, porém, uma trajetória como arqueiro de algumas equipes semi-profissionais, até assinar com o Bury em 1980. Tinha quase 22 anos.
Leia o texto completo no  It’s A Goal, projeto do jornalista Emmanuel do Valle sobre futebol inglês